Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • MILTON DOMINGOS DOS SANTOS - PSDB
  • Vereadores
    17ª LEGISLATURA
    Presidente Atual
    MILTON DOMINGOS DOS SANTOS
Data: 20/08/2018 Hora: 16:45:00
21ª Sessão Ordinária

 

As mães são unânimes em dizer que não é fácil conciliar os cuidados com o bebê à carreira profissional. O desafio começa quando é preciso sair para o trabalho: onde deixar o pequeno? Como continuar amamentando? Esses são só alguns dos dilemas enfrentados, sem contar o tempo longe do bebê que ocasiona várias preocupações. Hoje, as mulheres com filhos (servidoras públicas) têm apenas 120 dias de licença-maternidade, mas a boa notícia é que essa realidade pode mudar em Getulina.

Os vereadores também foram unânimes; na sessão ordinária da Câmara ocorrida no dia 13 de agosto, todosaprovaram requerimento que estende a licença maternidade para as servidoras municipais, de autoria do Vereador João César. O projeto tem relação com a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e de diversas entidades para uma infância saudável que permite aos pais ficarem mais tempo com os filhos.

Em sua fala, o autor do projeto relatou que ouviu de uma mãe de recém-nascido que "é um tempo maior e necessário: com quatro meses o bebê é muito frágil e indefeso. As mães não se sentem seguras longe dos seus filhos.”   Além da segurança da mãe, o crescimento e a saúde do bebê também estão ligados à presença da genitora, pois de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, os bebês que ficam seis meses ao lado da mãe têm reduzidas chances de contrair pneumonia e de desenvolver anemia. 

O Presidente da Câmara Maninho elogiou a propositura afirmando que o gesto foi digno de aplausos e que enaltece trabalho dos vereadores, os quais tem contato frequente com a população.  “Esse olhar direto que o vereador tem com o cidadão, com empatia, mais humano, enobrece nosso trabalho” – elogiou Maninho no plenário.

À imprensa, Maninho relatou que: “a proposta é tão boa que vamos analisar a possiblidade de fazer uma outra propositura baseando-se no requerimento do vereador João César e no texto da Câmara dos Deputados. Ou seja, possibilitar que se estenda o prazo ainda mais para as mães que tem um parto prematuro.”disse o presidente relacionando o requerimento que tramita em esfera municipal,às PECs 181/15 e 58/11que tramita na Câmara dos Deputados em Brasília, onde se aumenta para 240 dias (8 meses) a licençamaternidade às mães de bebês prematuros.

“Essa é mais uma prova do trabalho conjunto que os vereadores demonstram para debater e ampliar as ideias. Aliás, se o Vereador João César permitir, assino junto com ele o requerimento, mesmo que simbolicamente.Todos vereadores reconheceram que será um grande avanço para os direitos humanos de nossas servidoras ! -finalizou Maninho.

Quanto aos custos a serem arcados com a licença estendia, estudos mostram que o Brasil gasta somas altíssimas por ano com hospitais e internações para atender crianças com doenças que a amamentação regular durante os seis primeiros meses de vidapoderia evitar.

 

Retificação

Em relação à matéria da Câmara Municipal publicada semana passada nesse semanário; o requerimento que dispõe sobre a concessão de aumento salarial dos agentes comunitários de saúde é de autoria da Vereadora Ana Paula Ferraz.

 

Outras propostas apresentadas na sessão foram os requerimentos:

- 163/2018, solicitando valores e pessoas contempladas com om Bolsa Família. (Vereador João Cesar da Silva)

- 165/2018, solicitando colocação de lombadas nas proximidades da Rua Dino Bueno com Alameda Nicolau Hauy. (Vereador AntonioMissias)

- 166/2018, solicitando reconstrução da calçada do Sistema de Lazer 2. (João César da Silva)

 

 

 

Comunicação da Câmara

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro

Data: 20-08-2018 16:45:00


Próxima Sessão

27ª Sessão Ordinária

24-09-2018

20:00 Horas