Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
Getulina
"Representantes do povo, trabalhando para o povo"
CÂMARA MUNICIPAL DE GETULINA
CÂMARA MUNICIPAL DE GETULINA
Descarte correto de medicamento previne riscos à saúde humana e ao meio ambiente

"O Brasil é o sétimo país que mais consome medicamentos do mundo, mas a legislação ainda engatinha em relação ao descarte incorreto desses medicamentos que podem causar grandes riscos à saúde humana e ao meio ambiente." - relatou o Presidente da Câmara Maninho no final da sessão realizada no dia 20 de novembro, quando todos os vereadores aprovaram o requerimento 233/2018, de autoria do Vereador Samuel, baseado na Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) onde se estabelece como obrigatoriedade o descarte correto de medicamentos.

"Estamos atentos às exigências e ao hábito do brasileiro em se automedicar e ou de tomar apenas uma parte do tratamento indicado. A maioria dos medicamentos descartados vem dessas sobras de remédios da nossa 'farmácia caseira'. Então o que podemos fazer?  Não pode jogar em qualquer lugar." -  completou o vereador ao ressaltar a chamada logística reversa em que as  farmácias e drogarias devem aceitar medicamentos vencidos para encaminhá-los ao seu destino final sem risco de contaminação.

            Segundo o Vereador Maninho "esse tipo de situação, que poderia ser controlado, deve-se em grande parte ao fato de a sociedade não ter informações quanto à forma correta do descarte de medicamentos e seus riscos. Portanto é de grande relevância o requerimento do vereador". - decretou o Presidente. O requerimento pede mais visibilidade à campanha através de publicidade em mídias como na internet, nos jornais, rádios e também solicita projetos educacionais específicos para serem trabalhados em escolas públicas e particulares.

O armazenamento de medicamentos em casa aumenta o risco de intoxicação pelo uso indevido (28% dos casos no Brasil).  Há o risco de contaminação ambiental  pelo descarte incorreto. O uso de medicamentos veterinários também contribui; a criação de gado, peixes e animais domésticos utiliza antimicrobianos, antiprotozoários, hormônios, entre outros, e entram no meio ambiente por descarte inadequado e excreções. Esses medicamentos vão parar em aterros, lixões, estações de tratamento de água/esgoto, corpos d'água ou no solo. Existe também a perigosa parcela de descarte de medicamentos no lixo comum que podem contaminar solo e lençol freático.

 

Veja, abaixo, outras proposituras da 35ª sessão ordinária:

1. INDICAÇÃO Nº0052-2018 - SAMUEL ALVES DE DEUS 

Criação de um fundo municipal de praças e clubes esportivos para arrecadar verbas para a manutenção dos centros esportivos do município. 

 

1.REQUERIMENTO Nº 0231-2018 - JOÃO CESAR DA SILVA 

Custo integral para o tratamento realizado na cidade de Rosália com equoterapia.

 

3.REQUERIMENTO Nº 0233-2018 - SAMUEL ALVES DE DEUS 

Campanha educativa sobre a importância e a necessidade em se desfazer dos medicamentos com data de validade vencida de modo adequado

 

4.REQUERIMENTO Nº 0234-2018 - SAMUEL ALVES DE DEUS 

Abono natalino através de cartão magnético, no valor de R$ 130,00 (cento e trinta reais), no mês de dezembro de 2018, aos servidores da Prefeitura Municipal de Getulina. 

 

Data: 23-11-2018 08:53:34